terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Ser jovem e continuar vivo

Assinantes da FSP ou UOL podem acessar o artigo completo publicado em editorial do jornal dia 29.12.08.

Ruy Castro comenta 3 episódios nefastos ocorridos com jovens como exemplos de comportamento deplorável de jovens de nossos dias. Em resumo: quebra-quebra em escola da zona leste de SP com pichações do PCC. Outro protagonizado por recém-formados de medicina que depois de encherem a cara invadiram e barbarizam o hospital universitário de Londrina. 14 foram idetificados e, assim mesmo, receberam seus diplomas Por último a morte de uma universitária em cruzeiro marítimo onde rolou de tudo: malas de passageiros jogadas ao mar, vômito sobre o bufê, sexo a céu aberto, intoxicações por álcool, ácido, cocaína e ecstasy. A moça teria morrido asfixiada pelo próprio vômito.

Não tá fácil a vida dos jovens!
Postar um comentário