sábado, 29 de setembro de 2018

POLÍTICA DE LIBERDADE RELIGIOSA NA CHINA

Recentemente a CHINA publicou sua política de defesa dos direitos dos cidadãos chineses e os que lá habitam à LIBERDADE RELIGIOSA.

Este link o levará ao texto completo em inglês: CLIQUE AQUI.

Uma leitura superficial já permite concluir que a ideia do documento é restringir a liberdade e não ampliá-la ou mesmo garanti-la. Todas as religiões são livres desde que concordem com o socialismo praticado na Chia, que não coloquem em discussão os sistemas de educação, saúde, política etc.

Ao mesmo tempo chegam notícias de perseguição a minorias islamitas, muçulmanas, igrejas cristãs menos tradicionais, bem como queima de igrejas e outros templos.

Nenhuma surpresa num país comunista ou de outros regimes totalitaristas.

Abs.
Postar um comentário