domingo, 15 de maio de 2011

Cristãos e os sindicatos europeus se unem para defender o descanso dominical

A motivação é justificável, porém com base numa grande inverdade. Dia de descanso é o sábado, não o domingo defendido na publicação. Texto original em espanhol.

Ab.
Postar um comentário