quinta-feira, 31 de março de 2011

DIÁLOGO INTER-RELIGIOSO, INCENTIVO AO RESPEITO DOS DIREITOS HUMANOS

Olá,

Post do site Rádio Vaticano em que o Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-Religioso enviou à comunidade budista.

DIÁLOGO INTER-RELIGIOSO, INCENTIVO AO RESPEITO DOS DIREITOS HUMANOS

O Vaticano promove, através deste departamento, o diálogo entre o catolicismo e a maioria das outras religiões espalhadas pelo mundo.

O texto encerra-se assim:

“Quando a liberdade religiosa for efetivamente reconhecida, a dignidade da pessoa humana será respeitada na sua raiz; através de uma sincera procura daquilo que é verdadeiro e bom, a consciência moral e as instituições civis serão fortalecidas; e a justiça e a paz serão decididamente estabelecidas”.

Aos amigos budistas, o cardeal católico diz esperar que a celebração do Vesakh seja uma fonte de enriquecimento espiritual e uma ocasião para dar um novo salto na procura da verdade e da bondade, para mostrar compaixão para com todos aqueles que sofrem, e para que todos se esforcem em viver juntos em harmonia".

Elle G White fez, em seus escritos, diverso comentários sobre este movimento futuro da igreja católica.

Vejamos dois deles:


"Quando o protestantismo estender os braços através do abismo, a fim de dar uma das mãos ao poder romano e a outra ao espiritismo, quando por influência dessa tríplice aliança a América do Norte for induzida a repudiar todos os princípios de sua Constituição, que fizeram dela um governo protestante e republicano, e adotar medidas para a propagação dos erros e falsidades do papado, podemos saber que é chegado o tempo das operações maravilhosas de Satanás e que o fim está próximo". Testemunhos Seletos, vol. 2, pág. 151.


"O chamado mundo cristão será o palco de grandes ações decisivas. Homens com autoridade promulgarão leis para controlar a consciência, segundo o exemplo do papado. Babilônia fará que todas as nações bebam do vinho da ira de sua prostituição. Toda nação será envolvida. João, o Revelador, declara o seguinte sobre esse tempo: ... "Têm estes um só pensamento." (Apoc. 18:3-7; 17:13 e 14.) Haverá um laço de união universal, uma grande harmonia, uma confederação de forças satânicas. "E oferecem à besta o poder e a autoridade que possuem." Assim é manifestado o mesmo poder arbitrário e opressor contra a liberdade religiosa, contra a liberdade de adorar a Deus de acordo com os ditames da consciência, que foi manifestado pelo papado, quando no passado ele perseguiu os que ousaram recusar conformar-se aos ritos e cerimônias religiosas dos romanistas". Mensagens Escolhidas, vol. 3, pág. 392.

Vale uma boa reflexão.

Ab.
Postar um comentário