quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Obama e Religião

video

Notem como em nome da democracia as verdades bíblicas são relativizadas. Nem se poderia esperar outro discurso de alguém que deseja ser presidente de uma nação de tantas culturas, religiões, crenças, etnias e sem fé alguma.

Junte-se à crise financeira mundial: a ruína da natureza, a vontade de fazer a vontade do povo, a necessidade de uma liderança mundial política, o medo do terrorismo, o avanço das tratativas do papado pela liderança religiosa do mundo e temos um mundo muito próximo das condições ideais para a gloriosa volta de Jesus.

Ellen White em uma de suas muitas manifestações sobre o tema assim escreveu:

"A fim de se fazerem populares e conquistarem a simpatia do povo, os legisladores hão de ceder ao desejo deste, de obter leis dominicais... Por um decreto que visará impor uma instituição papal em contraposição à lei de Deus, a nação americana se divorciará por completo dos princípios da justiça... Eventos Finais, página 116.
... e nos livros do Céu estará escrito: "apostasia nacional". EF, página 117.
... e haverá uma apostasia nacional que só terminará em ruína nacional". EF, página 118.


Postar um comentário