sábado, 5 de maio de 2012

Daily chart: Kings of the carnivores | The Economist

Daily chart: Kings of the carnivores | The Economist


Reis dos carnívoros é o título deste post da revista The Economist em 30/04/2012.

Se desejar acessar a estatística completa de países clique aqui. Os dados são de 2007. O quadro acima apresenta o consumo anual por pessoa de carne de boi,  porco, galinha, carneiro e outros.

Em cinquenta anos o consumo mundial de carne cresceu de 70 milhões para 268 milhões de toneladas.
O consumo por pessoa que em 1961 era de 22kg passou para 40kg em 2007. Outro dado surpreendente é que o consumo de carne de boi deixou de ser o principal, perdendo o 1o lugar para carne de porco.

Imagino que o consumo hoje seja ainda maior, especialmente crescente nos países emergentes que tiveram crescimento de renda nestes últimos anos.

Pense na dificuldade pela qual passarão estas populações quando tiverem que abandonar o consumo de carne. Atente para estes textos de Ellen G. White sobre o assunto:
Deus está procurando levar-nos de volta, passo a passo, a Seu desígnio original - que o homem subsista com os produtos naturais da terra. Entre os que estão aguardando a vinda do Senhor, deve a alimentação cárnea ser finalmente abandonada; a carne deixará de fazer parte de seu regime alimentar. Devemos ter isto sempre em mente, e procurar agir firmemente nesse sentido. - Eventos Finais, pág. 71 (1890).
A luz que me é dada é que não tardará muito, teremos de abandonar o uso de alimentos animais. Mesmo o leite terá de ser rejeitado. Acumula-se rapidamente a doença. Acha-se sobre a Terra a maldição de Deus, porquanto os homens a arruinaram. Os hábitos e práticas dos homens levaram a Terra a tal condição que algum outro alimento precisa substituir a carne para a família humana. Não necessitamos absolutamente de alimento cárneo. Deus nos pode dar outra coisa. — Australasian Union Conference Record, 28 de Julho de 1899.
Vemos que o gado está ficando grandemente atacado de doenças, a própria Terra está corrompida, e sabemos que virá o tempo em que não será o melhor usar leite e ovos. Esse tempo, todavia, ainda não chegou. Sabemos que quando ele vier, o Senhor proverá. Perguntam, e isso significa muito para as pessoas interessadas: Porá Deus uma mesa no deserto? Acho que a resposta pode ser dada: Sim, Deus proverá alimento para Seu povo.       Conselhos sobre o Regime Alimentar, pág. 359.
Devem ser vistas maiores reformas entre o povo que pretende estar aguardando o breve aparecimento de Cristo. A reforma de saúde deve realizar uma obra entre o nosso povo que ela ainda não realizou. Há os que devem estar atentos para o perigo de comer carne, pois ainda estão ingerindo a carne de animais, arriscando assim a saúde física, mental e espiritual. Muitos que agora estão apenas meio convertidos no tocante à questão de comer carne, se afastarão do povo de Deus para não mais andar com eles. — The Review and Herald, 27 de Maio de 1902
Nós chegaremos logo a um tempo em que precisaremos compreender o significado de um regime dietético simples. Não está distante o tempo em que seremos obrigados a adotar um regime muito diferente do que temos atualmente. ...
Precisamos estudar a arte de preparar de modo simples frutas, cereais e hortaliças. Não precisamos dessas complexas combinações que são providas. Como a questão está agora, estamos em perigo de fazer dispépticos. — Medicina e Salvação, pág. 281 (1905)



Postar um comentário