quarta-feira, 28 de março de 2012

Papa sublinha «justas aspirações» dos cubanos - Agência Ecclesia

AP
Papa sublinha «justas aspirações» dos cubanos - Agência Ecclesia: "Tenho no coração as justas aspirações e os legítimos desejos de todos os cubanos – onde quer que se encontrem –, os seus sofrimentos e alegrias, as suas preocupações e os anseios mais nobres", disse, durante o seu discurso inaugural, no aeroporto de Santiago de Cuba, à chegada de uma viagem de 65 horas ao México. Perante o presidente Raúl Castro, o Papa lembrou em particular as expectativas "dos jovens e dos idosos, dos adolescentes e das crianças, dos doentes e dos trabalhadores, dos presos e dos seus familiares, bem como dos pobres e necessitados".

Papa reza missa e defende espaço maior para Igreja Católica em Cuba (28/03/12)

Bento XVI e Raúl Castro.                                  Foto: Reuters

Papa reza missa na presença de mais de 500.000 cubanos. Algumas frases indicativas da missão dele:

"Reconhecemos com alegria que, em Cuba, estão sendo dados passos para que a Igreja realize sua missão ineludível de expressar pública e abertamente sua fé"

"Para poder exercer esta tarefa, a Igreja há de contar com a essencial liberdade religiosa"
"Ela (a Igreja) busca dar este testemunho em sua pregação e ensino, tanto na catequese como nos âmbitos escolares e universitários. É de se esperar que logo chegue aqui também o momento de que a Igreja possa levar aos campos do saber os benefícios da missão que seu Senhor encomendou e de que nunca pode descuidar"
Bento XVI e Fidel.                            Efe
As escolas católicas foram encampadas pelo governo cubano em 1959, logo após a revolução cubana que levou Fidel Castro ao poder, exercido atualmente pelo seu irmão Raul Castro.

Também emblemática é a frase dita pelo papa João Paulo II em sua visita em 1998 no mesmo local:
"Cuba se abra para o mundo para que o mundo se abra para Cuba"
Hoje, 28/03112, o papa se reuniu com Fidel Castro.

A abertura de Cuba ao mundo deve acontecer mais aceleradamente nos próximos meses.
Postar um comentário